Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Direção
Início do conteúdo da página

Direção do Instituto

Publicado: Quinta, 16 de Abril de 2020, 23h14 | Última atualização em Sexta, 17 de Abril de 2020, 16h17 | Acessos: 352

GESTÃO 2018 - ATUAL

 

 

A proposta da Chapa e de todos os membros que a idealizaram é criar uma gestão agregadora. Assim resgatar o espírito de convivência em grupo, melhorar a socialização entre os três segmentos (alunos, professores e técnicos). Permitir um ambiente no dia a dia que seja salutar. Afinal a maioria das pessoas passam grande parte do seu dia na Instituição.

 

 

 

Diretora Professora Rozana de Medeiros Sousa Galvão

  Possui graduação em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Amazonas (1989), Mestrado em Genética e Evolução pela Universidade Federal de São Carlos (1998) e Doutorado em Biotecnologia pela Universidade Federal do Amazonas (2008). Tem Experiência na área de Genética, com ênfase em Genética de Micro-organismos, atuando principalmente nos seguintes temas: Fungos Endofíticos de Plantas Tropicais; Atividade Enzimática; Fitopatógenos Produtores de Metabólitos Secundários e Marcadores Moleculares.

Vice-Diretor Professor José Fernando Marques Barcellos

  Possui graduação em Biologia pela Universidade Federal de Viçosa, mestrado em Biologia de Água Doce e Pesca Interior pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e doutorado em Ciências Morfológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi aluno Especial do Curso de Medicina da UFAM. É professor e orientador na Pós gaduação em Imunologia Básica e Aplicada da Universidade Federal do Amazonas. Tem experiência nas áreas de Biologia e Medicina, com ênfase em Anatomia Patológica, atuando principalmente em Histopatologia. Utiliza a histotecnia e a bioengenharia celular como ferramenta de pesquisa na área biológica e da saúde. Pós doutorado em cultura de células condrogênicas e terapia celular pelo Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Rio de Janeiro.

 

Plano de Gestão

I - Ensino

1. Criar a Comissão de Acompanhamento dos Cursos de Graduação do ICB.

- Verificação dos processos de atualização dos Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPC);

- Adoção de Medidas para Melhoria de Avaliação junto ao MEC;

- Articulação efetiva entre Colegiado e Departamento de Apoio ao Ensino (DAE/PROEG);

2. Fomentar a Mobilidade Acadêmica Nacional e Internacional.

3. Fomentar a realização das Mostras de Atividades Integradas do ICB; Ensino, Pesquisa e Extensão.

4. Fortalecer as Comissões de Estágio.

5. Auxiliar na articulação dos estágios dos cursos de Bacharelado e Tecnólogo com a iniciativa privada.

6. Criar o Projeto Estudantes Apoiadores para Pessoas com Deficiência (PCD).

- Viabilizar a construção de rampas para os blocos de aula Paulo Bührnheim e Subsolo do Bloco 1;

7. Reestruturar o Laboratório de Informática para os Discentes do ICB.

8. Reestruturar a Semana Integrada do ICB (Biologia, Ciências Naturais e Biotecnologia).

9. Criar o Programa de Tutoria aos Discentes do ICB.

 

II - Extensão, esporte e cultura

1. Fomentar a integração entre os Projetos dos docentes no sentido de torná-los conhecidos.

2. Associar estes trabalhos à proposta do folhetim.

3. Estimular as ACE’s à evoluírem para programas de Extensão.

 

III - Pesquisa e Pós Graduação

1. Viabilizar convênios com outras IES e Institutos de pesquisa.

2. Inserção com as mobilizações de professores e alunos dentro e fora do país.

3. Auxiliar e estimular a permanência de professores do Instituto nas Pós Graduações do ICB.

4. Ampliar e consolidar a integração entre os Cursos de PG da Zoologia, Imunologia e Biotecnologia.

 

IV - Gestão

1. Viabilizar uma área de Socialização do ICB:

- área externa: Construir uma área de lazer com bancos, mesas para jogos lúdicos.

- área interna: reestruturar o subsolo do Bloco 1 como área de convivência.

2. reestruturar o Auditório do ICB.

3. Viabilizar junto Prefeitura do Campus e a Administração Superior maior segurança ao Instituto, com câmeras e iluminação principalmente para o Turno Noturno.

4. Viabilizar o funcionamento efetivo no Turno Noturno.

5. Fomentar junto a Administração Superior Reprografia para o Instituto.

6. Reestruturar o site do ICB para maior visibilidade ao Instituto.

7. Viabilizar junto ao CTIC um programa de ensalamento para o ICB;

8. Viabilizar junto ao CTIC e-mail institucional para os discentes e docentes do Instituto.

9. Viabilizar junto a Prefeitura do Campus a melhoria na estrutura de acesso aos blocos do ICB.

10. Criar o Boletim/ Folhetim Informativo do ICB com o objetivo de divulgar as diferentes atividades do Instituto seja ela Ensino, Pesquisa, Extensão e Gestão.

- Criar uma Comissão de Comunicação do ICB;

11. Reestruturar a Acolhida aos Calouros do ICB;

12. Resgatar os Egressos ao convívio do ICB (Servidores e discentes).

 

V - Relações institucionais

1. Incentivar o intercâmbio com outras IES brasileiras e estrangeiras

2. Estimular parcerias com outras IES.

Fim do conteúdo da página